• Fale com a gente por WhatsApp!                

    O que você precisa para calcular sua hora de trabalho?

    Fazer o cálculo da hora de trabalho é um dos primeiros passos para quem busca se consolidar trabalhando como autônomo. O cálculo serve para quem busca também complementar a renda com trabalhos freelancers.

    No entanto, muitos fatores podem atrapalhar na hora de realizar esse cálculo (que é bem simples, você já vai ver).

    Um dos principais pontos é a “vergonha” sobre o valor cobrado. A insegurança de trabalhar sozinho, muitas vezes, acaba fazendo com que o profissional abaixe os preços com medo de entregar algo longe das expectativas.

    Porém, a lógica deve ser a seguinte: você mesmo não desconfia de preços muito abaixo da média?

    É um impulso natural — e que pode acontecer com seus potenciais clientes, dificultando sua prospecção.

    O mais indicado a se fazer é se basear em alguns parâmetros: a sua experiência e qualidade com o trabalho, o valor gerado para o cliente, o tempo e outros gastos que você investe.

    Entenda como realizar o cálculo da sua hora de trabalho!

    1# Defina sua meta de receita mensal

    Antes de calcular sua hora de trabalho, procure delimitar sua meta mensal. Nesse valor, inclua também seus tributos (que podem ser cerca de 30% do valor). Então, digamos que o seu salário ideal seja R$ 3.000,00 + 30%: R$ 3.900,00.

    2# Some todos os seus custos fixos

    Os custos fixos farão parte do seu dia a dia, por isso, devem ser considerados antes de calcular a hora de trabalho. Aqui, entram valores como os da luz, água, internet, aluguel, licença de softwares e etc.

    É importante somar esses custos e dividir pela quantidade de horas que você vai trabalhar no mês.

    Digamos que o montante resulte em R$ 1.200,00 e você trabalhe 200 horas no mês.

    R$ 1.200,00 / 200h = R$ 6,00.

    3# Reserve uma margem do valor para investimentos

    Para o profissional autônomo, é essencial buscar qualificação. Cursos profissionalizantes, como os da Microlins, são ideias para você complementar o currículo (e aumentar o preço da sua hora de trabalho).

    Reserve uma margem do salário para essa qualificação, como cerca de 10 ou 20%. Aqui, vamos de 15%.

    Então, se o seu salário ideal é R$ 3.900,00.

    O valor para investimentos seria de R$ 585,00.

    R$ 585 / 200h = R$ 2,92.

    4# Faça o cálculo da sua hora de trabalho

    Chegou a vez de calcular o valor da sua hora de trabalho.

    Primeiro, comece com seu valor-hora.

    R$ 3.900,00 / 200 h = R$ 19,5.

    Agora, some com o resto das despesas.

    R$ 19,5 + R$ 6,00 + R$ 2,92 = R$ 28,42.

    A sua hora de trabalho custa R$ 28,42!

    5# Comece a trabalhar!

    Agora, basta ir atrás dos clientes!

    E lembre-se: claro que, se você multiplicar o valor resultante por 200h, o montante será muito maior que os R$ 3.900,00 que definimos no começo do texto.

    Porém, esse é o valor do seu trabalho. O restante, deverá ser destinado às despesas e investimentos (como um curso profissionalizante da Microlins!).

    Gostou de aprender o cálculo? Tem muito mais conhecimento esperando por você em nosso blog. Se quiser aprofundar ainda mais e tornar seu currículo ainda melhor, para garantir um salário maior, confira nosso portfólio de cursos profissionalizantes!

    Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados