• Fale com a gente por WhatsApp!                

    O que são habilidades interpessoais e por que conhecê-las?

    Descubra o que são habilidades interpessoais e como elas podem te ajudar, tanto na carreira quanto na vida pessoal

    As habilidades interpessoais podem ser definidas como um conjunto de habilidades que proporcionam a capacidade de se relacionar bem com outras pessoas, gerando resultados positivos com essas conexões. 

    Ou seja, uma pessoa com essas aptidões, é basicamente alguém que consegue conviver de forma harmoniosa, equilibrada e ética em sociedade. E, neste caso, principalmente em um ambiente corporativo. 

    É importante lembrar que todos nós, como seres sociais, desenvolvemos algumas habilidades interpessoais desde o começo da vida, e ao longo dela. 

    Porém, fatores externos como cultura, educação e o ambiente à nossa volta, fazem com que algumas delas fiquem escondidas em nosso subconsciente. 

    E é justamente por isso que as chamadas ‘soft skills’ são ferramentas tão importantes a serem melhor desenvolvidas, tanto na vida pessoal quanto para a carreira profissional, onde elas podem significar um ponto de virada. 

    Afinal, tratando-se do mundo corporativo e de empresas em geral, você vai precisar ter um bom relacionamento com colegas, supervisores e líderes, fazendo com que suas virtudes e sua presença sejam notadas por eles de forma positiva e tornando o trabalho em equipe algo consistente. 

    Ressaltando também o fato de que, na maioria das vezes, não escolhemos como serão as pessoas com quem trabalharemos. E ter habilidades interpessoais que facilitam um bom convívio e uma boa comunicação, é imprescindível. 

    Confira algumas habilidades interpessoais importantes para se desenvolver

    Comunicação verbal

    Você precisa se comunicar com clareza, evitando qualquer tipo de ruído, e consequentemente evitando qualquer tipo de desentendimento com relação ao que está sendo dito. 

    Fale sem pressa e com consideração a quem está ouvindo, sempre validando as opiniões dos outros em relação às suas colocações. 

    Comunicação não-verbal 

    A linguagem corporal pode ser um grande artifício, mas também pode ser um fator prejudicial, pois ela muitas vezes diz mais do que as palavras em si. 

    Alguns exemplos de comunicação não-verbal são expressões faciais, contato visual, postura, voz e gestos. E eles são capazes de revelar suas verdadeiras intenções.

    Por isso, seja cuidadoso e adote uma postura positiva e que seja bem vista por quem trabalha com você. 

    Saiba ouvir

    Tão importante quanto saber falar e se comunicar, é dar a devida importância e respeito ao que está sendo dito por outra pessoa. 

    O ciclo da comunicação não pode ser completado enquanto quem está ouvindo não decifra a mensagem. 

    Saiba questionar

    Questionar algo apenas por fazê-lo não é algo que traz resultados positivos para o seu ambiente de trabalho. 

    No entanto, a partir do momento em que a qualidade do questionamento é trabalhada, é possível instigar as pessoas ao seu redor e fazer com que elas pensem em novas formas de resolver um problema. 

    Seja cordial

    A já conhecida máxima do ‘gentileza gera gentileza’ pode e deve ser aplicada aqui também. 

    Afinal, todos, sem exceção, merecem o mesmo nível de respeito e cordialidade no tratamento. E isso torna todo o ambiente de trabalho mais harmonioso e positivo, trazendo melhores resultados profissionais também. 

    Solucione problemas

    Os dias de trabalho sem problemas certamente serão raros. Por isso, alguém que possui a habilidade de resolver estes problemas de forma eficiente, sempre será notado positivamente.

    Lembrando que eficiência não é sinônimo de rapidez. Assim, você vai precisar identificar o problema, entendê-lo e examinar as possibilidades para a sua solução, propondo um sistema estratégico para tal. 

    Consciência social + Gerenciamento pessoal

    Para a primeira, é necessário que você esteja em sintonia com as pessoas à sua volta, tendo empatia para entender que as pessoas vêm de lugares diferentes e sabendo como trabalhar isto. 

    Já a segunda, tem a ver também com inteligência emocional. Afinal, é preciso que você se conheça bem o suficiente e saiba controlar as suas emoções, sem deixar que o profissional interfira no pessoal, e vice-versa.

    Como desenvolver essas habilidades?

    Para desenvolver habilidades interpessoais, não existe segredo: você vai precisar trabalhar duro em si mesmo.

    O primeiro passo é saber quais habilidades você já possui, e focar nelas para que sejam aprimoradas.

    O segundo é entender quais características lhe faltam e quais são prioridade para que você se desenvolva melhor pessoal e profissionalmente. Neste caso, vale a pena pedir um feedback para pessoas de confiança.

    Dessa forma, você poderá compreender quais habilidades precisará cultivar para obter sucesso na carreira e na vida pessoal, tornando seus ambientes de convivência cada vez mais harmoniosos, éticos e emocionalmente saudáveis. 

    Você já conhece os cursos da Microlins? Faça o melhor para você. Escolha a Microlins e tenha um futuro brilhante! 

    Copyright © Microlins Guarulhos.  Todos os direitos reservados